segunda-feira, 30 de junho de 2014

RECEITA EXPRESSA - MASSA DE PASTEL

Uma massa de pastel feita com apenas dos ingredientes. Rápida e prática para começar bem a sua semana.

INGREDIENTES
1 lata de creme de leite com soro
2 ¼ xícaras (chá) de farinha de trigo
sal a gosto

recheio a gosto

MODO DE PREPARO
Numa tigela, coloque o creme de leite, a farinha de trigo, o sal e misture bem até formar uma massa homogênea. Coloque a massa numa superfície lisa e enfarinhada e amasse bem com as mãos. Enrole num filme plástico e leve para gelar por 20 minutos.

Transfira a massa para uma superfície lisa e enfarinhada. Com um rolo, abra a massa bem fina e corte discos (7 cm de diâmetro). Coloque uma porção de recheio sobre cada disco de massa, dobre ao meio em meia lua e feche apertando bem as bordas com um garfo. Frite os pastéis em óleo quente até dourar. Retire e escorra em papel absorvente. Sirva em seguida.

CINEMA - ESTREIAS DO MÊS DE JULHO


03 DE JULHO

O GRANDE HOTEL BUDAPESTE
No período entre as duas guerras mundiais, o famoso concierge de um famoso hotel europeu conhece um jovem empregado e os dois se tornam melhores amigos. Entre as histórias vividas pelos dois estão o roubo de um famoso quadro renascentista, a batalha por uma fortuna de uma família e mudanças que atingiram a Europa durante a primeira metade do século XX.

A MARCA DO MEDO
Em uma aula na universidade, um professor de física questiona seus alunos sobre o que são fantasmas, e se é possível sua existência. Um universitário e seus colegas de sala são escolhidos para conduzir um experimento que provocará a aparição de seres sobrenaturais.

SOBREVIVENTE
É baseado em fatos reais e conta a história de um islandês que nadou mais de seis horas no oceano glacial ártico para salvar a sua vida, após seu navio naufragar e matar toda sua tripulação.

O AMOR É UM CRIME PERFEITO
Um professor universitário, que mora com a irmã em um chalé isolado numa região de lagos e montanhas entre a França e a Suíça, frequentemente envolve-se em casos de amor com suas alunas, mas um dia, uma delas desaparece e então ele conhece a mãe da garota desaparecida, que o procura para saber mais sobre a filha.

NÃO ACEITAMOS DEVOLUÇÕES
Valentin nunca se preocupou com a vida no México. Basicamente sua rotina era sair com várias mulheres e alternar em pequenos trabalhos. Porém, um dia, uma mulher bate em sua porta e lhe deixa um bebê, alegando ser sua filha. Valentin toma a decisão de se mudar para os Estados Unidos e criar a pequena Maggie durante vários anos, o que o faz se tornar um homem responsável. Seis anos mais tarde, a mãe de Maggie reaparece com a intenção de pegar a filha de volta.

CLUB SANDWICH
Durante as férias num resort à beira-mar, Paloma, uma mãe solteira, tem de lidar com a separação inevitável quando seu filho de 15 anos - que também é seu melhor amigo - começa uma grande amizade com uma garota de sua idade e descobre os primeiros lampejos do amor e da sexualidade.

O ESPELHO
Tim e Kaylie são dois irmãos traumatizados pela morte inexplicada dos pais. Tim, acusado de matá-los, foi preso. Anos mais tarde, ele é libertado e tenta esquecer o passado, mas Kaylie tem certeza de que o verdadeiro culpado pelas mortes é um espelho, que ela acredita ser assombrado.

SÉPTIMO
Sebastián, um pai que busca desesperadamente os filhos, que sumiram enquanto desciam as escadas do prédio em que mora a família.

O CÉU É DE VERDADE
Baseado no livro de mesmo nome e conta a história real de um menino de três anos que, depois de quase morrer ao passar por uma cirurgia de emergência, diz ter encontrado com Jesus. No início, seus pais não acreditam nele, mas quando o garoto começa a contar histórias de pessoas que ele não conhecia, eles acabam enxergando a verdade.

BISTRÔ ROMANTIQUE
Aos 40 anos, Pascaline dirige um restaurante e prepara um jantar elegante para o Dia dos Namorados. Entretanto, ela recebe uma proposta de um amor do passado. Enquanto isso, histórias de amor e desencontro aparecem à mesa.

CAUSA E EFEITO
Paulo é um ex-policial que perde a esposa e o filho em um acidente causado por um motorista alcoolizado. O motorista não é preso e inconformado Paulo torna-se um matador de aluguel. Porém, quando é contratado para dar um fim em uma garota de programa, ele se sensibiliza com a história dela e importantes mudanças acontecem em sua vida.

KHUMBA
A vida não é toda a preto e branco para Khumba! Essa jovem zebra, nascida com apenas metade das suas listras, é rejeitada pelo seu bando supersticioso e culpada pela seca repentina que afetou o território. Juntando-se a dois amigos, Khumba parte numa missão através do deserto para encontrar a lendária Lagoa da Água Mágica, onde as primeiras zebras conseguiram as suas listras. Ao longo do caminho Khumba conhece uma série de personagens, mas antes que se possa voltar a juntar ao seu grupo, Khumba terá de enfrentar o ameaçador leopardo numa batalha épica.

WALK OF SHAME
Meghan, uma repórter que, depois de se dar mal em uma entrevista de emprego para o trabalho dos seus sonhos - ser âncora de telejornal, resolve sair com as amigas para uma noite de balada. No dia seguinte, ela acorda na cama de um estranho, confere as mensagens no celular e descobre que pode ser escolhida para o trabalho, entretanto, ela só tem oito horas para superar todos os problemas e encontrar os novos chefes no horário marcado.

TAMMY
Tammy está tendo um dia ruim. Ao mesmo tempo em que perde seu emprego, descobre que está sendo traída pelo marido. Para tentar colocar a cabeça no lugar, Tammy resolve pegar a estrada para uma longa viagem com sua avó totalmente pirada, que abusa de bebidas e de palavrões.

VIVA A LIBERDADE
Conta a história do secretário principal do partido da oposição, Enrico Oliveri, que não está se saindo tão bem nas eleições quanto imaginava. Um dia, depois de um debate, ele some. Seu assessor e sua esposa começam a procurá-lo afim de, saber o porquê do desaparecimento. De repente, o secretário reaparece, agindo de forma diferente. Tudo vai bem até que alguém resolve segui-lo.

A ONDA DA VIDA: UMA HISTÓRIA DE AMOR E SURF
Caio, Joel e Tiago pegam a estrada rumo as praias do sul da Bahia para surfar. Mas depois de sete horas de viagem, o carro deles quebra e eles dão todo o dinheiro que tinham para o conserto do veículo, que só ficará pronto em dois dias. Então eles decidem pedir carona a um caminhoneiro na estrada e acabam descobrindo um paraíso em Espírito Santo.


10 DE JULHO

CHEF
Depois de perder seu emprego como chef de um restaurante, um homem toma a decisão de abrir um trailer de comida e, ao mesmo tempo, tenta se reaproximar de sua família.

UM AMOR EM PARIS
Com 50 anos mas ainda muito dinâmicos, Brigitte e Xavier são criadores em Charolles. Seus dois filhos partiram e o casal se vê num face a face incerto, fechado numa rotina que é cada vez mais pesada para Brigitte. Um dia, a festa surpresa de jovens parisienses na casa vizinha vem acelerar a crise latente…

AMAR, BEBER E CANTAR
Um grupo de teatro amador é abalado quando recebem a notícia de que seu amigo George está gravemente doente e possui apenas alguns meses de vida.

AMOR FORA DA LEI
É ambientado nos anos 1970, em Texas Hill Country, e acompanha a história de três personagens em diferentes lados da lei - o fora-da-lei Bob Muldoon, sua mulher, Ruth Guthrie e o xerife do lugar Patrick, que é pego na mira do casal.


17 DE JULHO

TRANSFORMERS: A ERA DA EXTINÇÃO
Depois de quatro anos após os acontecimentos do terceiro filme, Transformers: A Era da Extinção mostrará a humanidade tentando se reconstruir após os Autobots e dos Decepticons desaparecerem da Terra. Entretanto, um grupo de cientistas e empresários que buscam aprender com as invasões passadas dos Transformers, acabam levando a tecnologia a limites para além do que eles podem controlar. Ao mesmo tempo, uma poderosa ameaça Transformer transforma a Terra em seu alvo.

AVIÕES 2: HERÓIS DO FOGO AO RESGATE
Traz uma peculiar equipe de elite de aviões de combate a incêndios dedicados a proteger o histórico Parque Nacional de Piston Peak de um incêndio de proporções épicas. Quando o famoso avião corredor Dusty nota que seu motor está danificado e que ele, talvez, nunca mais possa correr, ele precisa mudar de ofício e é lançado no mundo aéreo do combate a incêndios. Dusty se junta ao veterano helicóptero de combate a incêndios e resgate Blade Ranger e sua corajosa equipe aérea, incluindo a espirituosa superscoop Lil’ Dipper, o helicóptero de carga pesada Windlifter, o ex-militar de transporte aéreo Cabbie e um grupo vibrante e destemido de veículos para todos os terrenos, conhecidos como The Smokejumpers. Unida, a corajosa equipe luta contra um enorme incêndio, e Dusty aprende o que é necessário para se tornar um verdadeiro herói.

DUAS VIDAS
Em 1990 na Europa, o Muro de Berlim acabou de cair. Katrine, que cresceu na Alemanha Oriental, mas que já mora na Noruega há mais de 20 anos, é uma “criança da guerra” – fruto de uma relação amorosa entre uma mulher norueguesa e um soldado ocupante alemão durante a Segunda Guerra. Ela desfruta de uma vida feliz com a mãe, o marido, a filha e a neta. Mas quando um advogado pede que ela e sua mãe testemunhem num julgamento contra o estado norueguês a favor das crianças da guerra, ela resiste. Aos poucos, uma teia de segredos é desvendada.

VESTIDO PRA CASAR
Fernando, um homem que acredita que uma mentira não deve ganhar grandes proporções. De mentira em mentira, ele acaba transformando o dia do seu casamento numa verdadeira confusão que envolvem sua ex-mulher, sua noiva, o sogro, o primo, um estilista, uma socialite deslumbrada, policias, seguranças, além de um senador ciumento com sua mulher infiel.

JUNTOS E MISTURADOS
Depois de um encontro ruim, Jim Friedman e Lauren Reynolds encontram-se presos juntos em um resort para famílias, onde a atração entre eles cresce à medida que seus filhos começam a gostar da relação dos dois.

A PELE DE VÊNUS
A trama gira em torno de Vanda, uma atriz que luta para convencer o diretor Thomas de que ela é a pessoa certa para interpretar a protagonista de sua mais nova peça, inspirada em obra de Sacher Masoch.

O MELHOR LANCE
Virgil Oldman é um apreciador e especialista em arte. Um dia, ele é contratado por uma jovem herdeira, Claire Ibbetson, para leiloar uma grande coleção de obras de arte deixada por seus pais. Entretanto, por algum motivo, Claire não quer se vista pessoalmente.


24 DE JULHO

SEM EVIDÊNCIAS
Em 1993, os adolescentes Damien Echols, Jason Baldwin e Jessie Misskelly Jr. foram condenados pelo assassinato de três crianças de oito anos. Os jovens ficaram presos por 18 anos, em uma penitenciária dos Estados Unidos. O trio ficou conhecido como os Três de West Memphis, cidade do Arkansas. O longa é baseado no livro Devil's Knot: The True Story of the West Memphis Three, de Mara Leveritt.

PLANETA DOS MACACOS: O CONFRONTO
Depois de quinze anos após conquistar sua liberdade, César e os demais macacos vivem em paz na floresta próxima a San Francisco. Eles desenvolveram uma comunidade baseada em apoio mútuo, para que possam se manter. Enquanto isso, os humanos enfrentam uma das maiores epidemias já vistas, causada pela gripe símia, um vírus criado em laboratório. Diante disto, um grupo de sobreviventes liderado por Dreyfus planeja atacar os macacos para usá-los como cobaias na busca por uma vacina. Porém, Malcolm não quer que esse o confronto aconteça.

UM GLADIADOR EM APUROS
Abandonado, ainda criança, durante a terrível erupção do vulcão que devastou a cidade de Pompéia, o jovem Timo é salvo pelo General Chirone, fundador da famosa Academia de Gladiadores de Roma. Conforme vai crescendo, sempre cercado por todos os tipos de gladiadores, Timo demonstra pouco interesse em tornar-se um deles – mantendo, além de uma personalidade leve e divertida, um corpo um tantinho acima do peso. No entanto, tudo muda quando Lucilla, a bela filha de Chirone, volta para casa. Com a mão prometida para Cassio, considerado por muitos o melhor gladiador de Roma e sobrinho do Imperador, Lucilla seria normalmente uma carta fora do baralho para Timo. Mas ele resolve investir neste amor mesmo assim – e, para provar a Chirone que é digno de sua filha, Timo acaba se dedicando a estudar e treinar muito para tornar-se, afinal, o guerreiro que estaria destinado a ser.

APENAS UMA CHANCE
A história do cantor lírico Paul Potts chega aos cinemas no filme. Foi no programa "Britain's Got Talent", que o vendedor de celulares, amante da música clássica, de Pavarotti e cantor amador teve a chance de mostrar o seu talento para o mundo.

NAUTILUS
Para tentar salvar sua família da falência, o jovem Cristóvão Colombo e seus amigos Leo da Vinci e Monalisa vão atrás da lendária ilha de Hi Brazil, que esconde tesouros cobiçados por todos os piratas. Eles só não esperavam ser impedidos pelo cruel povo das aguas e sua terrível fera Nautilus. Agora, a batalha dos meninos deixa de ser pelo tesouro e passa a ser para voltar vivos para casa.


31 DE JULHO

MESMO SE NADA DER CERTO
Uma cantora recém-chegada a Nova York encanta com empresário fracassado do ramo musical.

GUARDIÕES DA GALÁXIA
O aventureiro Peter Quill se vê como alvo de uma caçada imparável depois de roubar uma esfera misteriosa desejada por Ronan, um poderoso vilão ambicioso que ameaça todo o universo. Para fugir do perigo, Quill é forçado a se unir com o quarteto de desasjustados - Rocket, um guaxinim atirador; Groot, uma árvore humanóide; a sombria e mortal Gamora; e o vingador Drax, o Destruidor. Mas Quill descobre que a esfera possui um poder capaz de mudar os rumos do universo, e então ele deve fazer o seu melhor para unir seu grupo e juntos protegerem a galáxia.

O HOMEM DAS MULTIDÕES
Belo Horizonte. Juvenal é condutor do metrô e Margô é controladora de estação. Enquanto Juvenal vive a solidão de não conseguir estar só, e procura refúgio na multidão das ruas da urbe. Já Margô vive uma solidão virtual e está presa no universo das redes sociais.

BISTRÔ ROMANTIQUE
Aos 40 anos, Pascaline dirige um restaurante e prepara um jantar elegante para o Dia dos Namorados. Entretanto, ela recebe uma proposta de um amor do passado. Enquanto isso, histórias de amor e desencontro aparecem à mesa.

BOM DIA!!!!!!


Uma semana maravilhosa e abençoada. Nosso blog está crescendo e continua com assuntos interessantes do nosso mundo feminino.

Participe do nosso blog mandando sua receita com foto para participar do quadro “minha receita” ou conte a sua história e participe do quadro “histórias da vida”.

Dúvidas, elogios, reclamações, críticas e sugestões, mande um email pra gente:
papoentremulheresbrasil@gmail.com

Curta nossa página no facebook:
www.facebook.com/papoentremulheresbrasil

Siga nosso blog no twitter e tenha acesso a todo conteúdo:
https://twitter.com/Papomulheresbrasil

Agora o blog também está no instagram:
papoentremulheresbrasil

Se você segue o pinterest:
papomulheres

Pra quem segue o tumblr:
papoentremulheres

Destaques da semana:
Cinema: As estreias do mês de julho.

Arte e Cultura: Uma exposição que vai te encantar.

Educação: Saiba o motivo da evasão nas escolas.

Viagem: A cidade imperial – Petrópolis.

Artigo: Garrafa de vinho com rolha ou rosca?

Sexo: Sexo é 100% saudável.

Minha Receita: Thiago Lima ensina o seu sucesso na cozinha.

Biografia: Conheça mais sobre a escritora Melissa Panarello.

Receita Internacional: Deliciosa sardinha gratinada.

Receitas: Receitas diversas e deliciosas para o seu dia-a-dia.
     

domingo, 29 de junho de 2014

RECEITA DE FINAL DE SEMANA - MACARRÃO COM QUEIJO (MAC AND CHEESE)


INGREDIENTES
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de leite
1 xícara (chá) de queijo cheddar ralado
1 pacote de queijo processado
1 colher (sopa) de mostarda

1 colher (sopa) de manteiga
½ xícara (chá) de pedaços de pão francês triturado grosseiramente

500 g de macarrão penne cozido “al dente”
queijo parmesão ou queijo cheddar ralado para gratinar

MODO DE PREPARO
Numa panela em fogo médio derreta a manteiga. Adicione a farinha de trigo e com um batedor de arame misture bem até cozinhar. Acrescente o leite, aos poucos, mexendo sempre até formar uma mistura homogênea. Junte o queijo cheddar, o queijo processado e continue mexendo até derreter os queijos e engrossar. Coloque a mostarda, misture e reserve.

Coloque numa frigideira a manteiga e os pedaços de pão e leve ao fogo médio, misture até o pão ficar torrado e crocante. Retire do fogo e reserve.

Num refratário coloque o penne cozido, espalhe o molho e misture bem. Distribua os pedacinhos de pão torrado, salpique queijo parmesão ou cheddar e leve ao forno médio pré-aquecido a 180°C por cerca de 30 minutos ou até gratinar. Retire do forno e sirva em seguida.

VINHO - ANDELUNA 1300 CHARDONNAY

DADOS DO VINHO
País: Argentina
Volume de Álcool: 750 ml / 14.2%
Uva: Chardonnay
Região: Mendosa
Estilo: branco
Safra: 2012
Envelhecimento: 6 meses em barricas


Amarelo brilhante com reflexos esverdeados. No nariz, remete à frutas tropicais acompanhado de agradáveis notas de baunilha, resultado de sua passagem em barrica. De boa estrutura e corpo, é fresco e equilibrado, confirmando as sensações olfativas com final de boca intenso e persistente.

Após a colheita manual, é feita uma seleção das uvas e a fermentação ocorre em tanques de aço inox, com temperatura controlada. O amadurecimento é feito em barricas de carvalho francês novas, por 12 meses. E antes de ser comercializado, o vinho passa por afinamento em garrafa por pelo menos 8 meses.

Pode ser harmonizado em entradas à base de mariscos, massas com molhos de queijos e peru com molhos delicados.

sábado, 28 de junho de 2014

A MÍDIA NA COZINHA - SYLVINHO BLAU BLAU

Sylvio Luiz do Rego Junior, mais conhecido como Sylvinho Blau Blau, 54 anos, casado, 2 filhos. Com mais de 20 anos de carreira e vários sucesso ao longo dos anos. Com alguns chopes e um bom papo, Sylvinho, uma figura vintage, nos concedeu uma entrevista muito descontraída.


Papo entre Mulheres: Como iniciou a carreira de cantor?

Sylvinho Blau Blau: Eu comecei a cantar muito jovem com a minha prima Tânia Alves na casa da minha vó. Então os primos mais jovens ficavam sentados; a Tania é uma geração um pouquinho acima da minha. A gente fazia aula de canto, teatro. A gente brincava de cantor, de calouro e aí foi começando as habilidades musicais, foram aparecendo. Dentro da família a gente identificou muitos, muitos, muitos primos que gostavam de música e aí foi um começo bem jovenzinho, com 5, 6 anos. Com 13 anos, na adolescência comecei a formar minhas bandas com o meu primo sempre e fui parar no Absyntho em 1983. Ai eu me tornei um profissional de música.

Papo entre Mulheres: O grupo Absyntho foi sucesso nos anos 80. Por que você resolveu sair do grupo e tentar carreira solo?

Sylvinho Blau Blau: Convivência é muito difícil. Casamento, duas pessoas numa sociedade e trabalhar num grupo é muito difícil. A gente era muito jovem e muito imaturo pra conviver com tamanho sucesso e tão de repente. Então isso gerou muita dificuldade de relacionamento e eu sempre muito focado, muito sério. Tive problema com os meninos, com o meu primo principalmente. Logo com ele que sempre foi o meu mentor da minha história musical. Problemas também com drogas, de relacionamento, de confusão mesmo gerada pelo sucesso, pelo desgaste, pelo estresse do sucesso, da carreira. Isso foi ficando cada vez mais difícil e agravadora já estava de olho em mim porque sempre mais focado, um trabalho mais rígido, mais duro e aconteceu no final, só 5 anos de Absyntho. Acabou muito prematuramente em função do desgaste todo.


Papo entre Mulheres: Você se considera um cantor de sucesso de uma música só?

Sylvinho Blau Blau: Não, não mesmo. Primeiro porque não é. Talvez seja conhecido, muito conhecido pela música Ursinho Blau Blau que foi um fenômeno. Tanto que trouxe tantas coisas boas como coisas ruins também como o fim do conjunto. Ela foi uma música que fez muito sucesso muito rapidamente e ela está até hoje no hit parade da história da música brasileira.

Então em 1984 foi a música mais tocada, mais executada. Está lá nos anais da MPB do Brasil que a música Ursinho Blau Blau da banda Absyntho foi a música de maior sucesso do ano. Isso gerou um conflito. A música se tornou maior que o criador. Por isso sou muito conhecido pela música.

Como Blau Blau ficou tão conhecido nos anos 80 as pessoas esquecem que tive “Só a lua” que fez muito sucesso. Tive “Lobo” que foi da novela TI Ti Ti. “Balanço do trem” que foi durante dois anos a música de encerramento do programa da Xuxa. “Medo feroz” foi um sucessasso de rádio. Então eu sou talvez conhecido como um artista de uma música só mas tenho vários sucessos.

Papo entre Mulheres: Por que você acha que Ursinho Blau Blau é sucesso até hoje?

Sylvinho Blau Blau: Essas coisas a gente não tem uma explicação plausível pra isso. Isso é uma coisa do momento, a energia, a alegria contagiante que eu imprimi na música, o momento, a letra encaixou. É uma coisa divina mesmo. Sabe você tá ali como bater um pênalti de uma final e fazer o gol, como também poderia ter perdido. O Blau Blau foi um golaço aos 44 minutos do segundo tempo eu meti esse gol e a bola entrou e é um sucesso até hoje.

Papo entre Mulheres: Quem escreveu essa música?

Sylvinho Blau Blau: Essa música é do Sérgio Diamante que era o tecladista da banda com o Paulo Massadas que é parceiro do Michael Sullivan. Foi o primeiro sucesso dele. Ele estava chegando no Rio, magrinho, com fome, todo hippie, com os olhos fundos; e o Blau Blau foi o primeiro grande sucesso dele.

Pouca gente sabe que essa música não se chamava “Meu ursinho blau blau”. Era um sucesso que se chamava “Na praia da ilha”. O Abyshinto era uma banda de rock só que quando a gente foi para a gravadora o produtor achou que a gente podia fazer um trabalho mais popular e mudou a letra da música. Foi uma grande transformação. Isso gerou também muito conflito dentro da banda. E esse também é um dos motivos que a gente viveu um grande conflito. Nós éramos uma banda autoral e a partir desse momento que a gente deixou o produtor invadir a nossa praia isso gerou um conflito muito grande dentro da banda porque a partir daí a gravadora interferiu muito no trabalho da banda gerando bastante estresse com todos. Nós éramos todos autores, compositores e a gente não conseguia mais emplacar as nossas músicas porque a gravadora insistia. A gente deixou de gravar grandes sucessos como “Chuva de prata”, “Whisky a Go Go”. Poucas pessoas sabem disso. Por isso que o Abyshinto foi uma banda que não teve mais vida.

Papo entre Mulheres: A que ou a quem fez você retornar aos palcos depois de mais de 20 anos?

Sylvinho Blau Blau: É a minha vida, meu DNA, nasci artista. Só sei fazer isso. Fiz outras coisas, sou empresário, tive uma empresa de publicidade, pois sou formado em comunicação. Trabalhei em agência, fui distribuidor de perfume, mas nada disso consegui levar adiante porque a minha vida é cantar por esse país. Minha vida é subir no palco e fazer o que eu mais sei fazer. Então não foi ninguém, foi eu mesmo.


Papo entre Mulheres: O que te levou a se envolver com as drogas?

Sylvinho Blau Blau: A minha geração, a própria época que eu nasci. Minha infância foi nos anos 60, então eu cresci vendo os malucos todos na televisão, os Beatles, Raul Seixas, Tim Mais, as bandas de rock, todos eles envolvidos com drogas porque fazia parte. Era um componente, fazia parte da cultura pop daquela época. As drogas eram pra minha geração como esses aplicativos virtual da geração atual.

Dificilmente uma pessoa da minha idade que não tenha usado ou que não tenha se envolvido com as drogas. Eu por ser um artista, por ter vivido isso aí de forma mais intensa ela gerou um problema quase trágico. Perdi vários amigos, grandes ídolos morreram por causa disso. Isso também foi um dos grandes problemas do final do grupo, uma coisa muito forte. Graças a Deus eu consegui me livrar desse estigma e dessa geração que vários não conseguiram sair.

Papo entre Mulheres: Quando você decidiu parar de usar drogas?

Sylvinho Blau Blau: Quando eu decidi, foi quando não fazia mais sentido. Eu nunca usei a droga para ficar melhor ou para me sentir melhor. Era como se fosse colocar um perfume, era uma coisa que estava incorporada ao meu ambiente de trabalho, de amigos, de vida. Todo esse segmento, as drogas estavam aí dentro e quando você se dá conta, isso se torna uma coisa perigosa e você tá praticamente viciado.

Depois que conheci a minha mulher, que me casei, que tive os meus filhos, ai não fazia mais sentido nenhum. Eu mudei de ambiente. Quando você muda de ambiente, você muda de leitura. Você começa a fazer uma outra leitura da vida e graças a Deus, da ajuda de terapeuta, da igreja, eu me converti numa época, bem bacana, através disso eu consegui sair tranquilamente.

Papo entre Mulheres: Você entrou para a igreja Pentecostal após as drogas e logo em seguida posou nu. Como foi a reação da igreja?

Sylvinho Blau Blau: Me deserdaram né (risos). É uma doideira isso. Eu fui mandado embora, expulso da igreja. Isso foi um dos motivos pelo qual abandonei o convívio com a igreja. Porque a igreja é feita por homens, os homens são muito cruéis.

Eu achei que era naquele momento, era um trabalho artístico que eu devia fazer, a grana era boa, eu aceitei o desafio porque não tenho o menor problema com o nu. Minha geração, anos 60, 70, 80, ninguém têm problema com o corpo, com nada. Sou liberal, em todos os sentidos. Na parte sexual, política, sou quase um anarquista. Resolvi fazer, fiz, a igreja pirou e me expulsaram praticamente.

Papo entre Mulheres: Alguns meios de comunicação disseram que a igreja aceitou na boa sua decisão de posar nu. Isso é verdade?

Sylvinho Blau Blau: Não aceitou na boa não. Foi um conflito muito grande. Mas depois que também passou eles queriam que eu continuasse com o meu dízimo né. Eu chegava de Mercedes na época então eu acho que o pastor não queria que eu fosse embora. Essa ovelhinha valia dinheiro e estava dando bons frutos.

Papo entre Mulheres: Você posou nu para resgatar a fama?

Sylvinho Blau Blau: Não. Eu posei nu, porque quis posar nu. Se eu achasse que ia resgatar a minha fama nu, nunca fui um John John, com membro tão avantajado desse jeito que fosse uma coisa fenomenal. Como eu tenho um público feminino muito grande eu quis fazer pra elas mesmo porque era uma revista diferente das revistas gays. Era uma revista para mulheres mesmo. Tanto que se chamava “Íntima e Pessoal” como é o blog que estou participando e no meio disso tudo entravam os artistas que topavam fazer esse trabalho – que é um trabalho artístico como um outro qualquer. Eu, o Humberto Martins, Waguinho, nós três que eu me lembre fizemos.

Eu acho que não deu muito certo porque engraçado, as mulheres não acharam muita graça nisso. Não sei se no visual que elas viram ou não é... A mulher é diferente. Acho que os caras pensaram numa coisa e não é. Mulher não curte homem pelado. Nada haver. O produto era até muito bonito, muito bem acabado, a produção foi bem bacana mas não deu muito certo. 


Papo entre Mulheres: Como foi participar do reality A Fazenda em 2012?

Sylvinho Blau Blau: Aí sim. Eu quis dar uma satisfação ao meu público que já vinha fazendo bastante shows, desde 2001 quando eu fiz o Rock in Rio, que eu fui convidado. A partir de 2001 eu voltei com tudo. Minha carreira voltou assim... me tornei um ícone dessa festa Ploc, não parei mais, então a fazenda... eu precisava aparecer para o meu público. Estava mais na rua e as pessoas  falavam: - Cadê você!, Você não grava mais! Você não aparece mais! E eu fazendo show, show, show. Ah quer saber vou topar fazer a fazenda, também uma grana legal, e vou me expor, tá na hora. Estava me sentindo bem fisicamente, assim, eu estava dando um caldinho. Então eu acho que devia ao meu público feminino, principalmente e não só o feminino mas o meu público todo que curtiu o Absyntho, curtiu o Sylvinho. Precisava muito aparecer pra eles.

Papo entre Mulheres: Quais foram os pontos positivos e negativos de participar do reality?

Sylvinho Blau Blau: Positivo, essa exposição novamente a mídia e negativa uma exposição muito grande, muito radical, muito intensa e ela é ruim para a família. O pessoal lá de casa sofreu muito, porque é uma exposição muito grande. Foi um momento muito difícil nesse aspecto. Por outro lado foi bem bacana porque eu sou leonino e então eu gosto de me exibir mesmo, não tenho o menor problema de me mostrar. Mas muita exposição, isso gera muita gente falando, nas redes sociais principalmente. Gera desgaste muito grande dos familiares.


Papo entre Mulheres: Quem é Sylvinho Blau Blau e Sylvio Luiz do Rego Junior?

Sylvinho Blau Blau: Sou o filho do Sylvio Luiz do Rego, meu paizão querido. Um menino de classe média, que gosta de música, de esporte; uma pessoa simples, que ama o palco. Por esse amor ao palco tão imenso ele criou o Sylvinho Blau Blau que pegou carona no sucesso da banda, da música pra conseguir se tornar um artista.

Sylvinho Blau Blau é um artista na essência e me dei conta disso por ser um jovem normal comum de classe média, universitário, muito dentro de uma trajetória comum como todos os meus colegas. Eu ia me formar, trabalhar e viver normalmente mas me descobri um artista aos 14 anos quando subi pela primeira vez ao palco e ganhei meu primeiro festival de música. Quando vi que ali não tinha problema nenhum que eu me resolvia. Um ambiente mágico e onde eu recarrego as minhas baterias. Fiz uma fusão do Sylvio Luiz do Rego Junior com o Sylvinho Blau Blau pra ver no que dá.

Papo entre Mulheres: Você vai lançar um CD. O que podemos esperar em seu repertório?

Sylvinho Blau Blau: É a mesma onda. Tentei ser um cantor romântico, não consegui. Então a minha praia é Rock and Roll. É essa alegria e esse clima de festa no palco.

Vou lançar um single que tem muito a ver comigo que se chama “Eu só gosto de fazer o que ela gosta”. É uma música que eu gravei em 1987 mas que estava escondida lá num disco e eu redescobri quando fui fazer um show em Florianópolis. Ela era um sucesso, as pessoas pediam pra tocar essa música e eu nem lembrava mais. Quando eu me deparei com essa canção de novo eu reparei que ela é um sucesso. É uma música que tem tudo a ver comigo e vou reedita-la, numa forma diferente com outro arranjo, moderna e eu tenho certeza que depois da Copa a galera vai ficar bem feliz, principalmente meu público.

Papo entre Mulheres: Planos futuros

Sylvinho Blau Blau: Show. Quero fazer show, gosto do palco. É o palco que me dá energia, vontade de continuar. Sou um artista que tenho sonhos, sou instigado a criar coisas muito diferentes até na música, sou uma pessoa muito simples na parte musical mas no palco sou um animal. Sou um animal faminto, sou o melhor. Um dos melhores artistas do Brasil no palco sou eu. Não tenho dúvidas de falar isso, falo mesmo nos meus shows, entrevistas. Me considero um artista impecável no palco, pela minha postura, pela minha vontade de estar ali, de fazer aquilo acontecer então eu sou um showman.

Ser feliz, continuar malhando, jogando bola, pegando as minhas marolas, criar meus filhos e ter a vida simples que eu tenho que é muito melhor que a antiga.


Papo entre Mulheres: Como você define o Sylvinho na cozinha?

Sylvinho Blau Blau: É um ambiente que eu tive que habitar. Sempre fui um rato de cozinha. Gosto de ir a cozinha a noite, de madrugada, abrir a geladeira, misturar tudo e comer porque eu tenho uma larica noturna tremenda.

Quando precisei ir a cozinha pra realmente defender a comida do dia-a-dia porque eu precisei fazer isso para os meus filhos, por necessidade, ai foi um encontro a princípio complicado mas hoje eu me viro muito legal, gosto do que faço. Faço bem pouca coisa (risos) mas o que faço fica bem bacana por acho que imprimo o carinho, que é necessário na cozinha, o amor, então faço questão que fique bem saboroso. Hoje tenho uma relação bem bacana com a cozinha.

Papo entre Mulheres: O que não pode faltar em sua geladeira?

Sylvinho Blau Blau: Ela tem que estar cheia, não pode ficar vazia. Não tenho assim um produto que eu diga que não vivo sem. Frutas, legumes, verduras. Sou apaixonado pelas folhas, sou quase um boi pra comer. Como uma bacia de verduras. Também tem que ter coisas para as crianças mas pra mim tem que estar cheia

Papo entre Mulheres: O que gosta de preparar?

Sylvinho Blau Blau: Sacanagem. Meu macarrãozinho né. Minha massa que eu faço com maior carinho. Faço um 4 queijos bacana, um parisiense bem legal, agora eu estou namorando a bolonhesa.

Meus sanduíches, são muito bacanas. Sou o rei de criar sanduíche. Tenho um que é de salame com queijo brie. É um fenômeno e que as crianças adoram. Com um bom vinho tinto tá feito.

Papo entre Mulheres: Algum segredinho na cozinha?

Sylvinho Blau Blau: Meu segredo é o alho. Uso em quantidade grande mas uso de um jeito que poucas pessoas usam. Gosto de usar ele sem descascar. Coloco inteiro porque acho que dá mais gosto do que picado.


Após nossa entrevista, Sylvinho Blau Blau nos passou uma receita que sempre faz em sua casa. Confira:

MASSA A BOLONHESA

INGREDIENTES
Massa
1 pacote de penne grão duro
sal a gosto
1 fio de óleo

Molho Bolonhesa
500 g de carne moída
6 dentes de alho amassado
1 cebola pequena picadinha

2 colheres (sopa) de azeite
5 cabeças de alho com casca
1 lata de extrato de tomate

MODO DE PREPARO
Massa
Numa panela com água fervente coloque o penne, sal e o óleo. Deixe cozinhar conforme o tempo da embalagem, tirando 30 segundos antes do tempo. Escorra a massa e reserve.

Molho bolonhesa
Tempere a carne moída com alho e cebola e leve ao fogo médio até cozinhar. Retire do fogo e reserve.

Numa outra panela com azeite, doure as cabeças de alho. Adicione o extrato de tomate e deixe ferver. Acrescente a carne moída (reservada acima) e deixe cozinhar em fogo baixo por 15 minutos. Retire do fogo.

Montagem
Numa assadeira coloque o penne, o molho de carne moída, misture e sirva em seguida.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...