terça-feira, 23 de setembro de 2014

COMPORTAMENTO - HOMEM SAFADO


O homem safado é um homem comum que se caracteriza por mentir ou trair quando não é necessário. Ele faz de conta que quer compromisso e até chegar a namorar sério, mas sai escondido com outras mulheres e trai descaradamente. Ele quer o melhor de dois mundos.

Para conquistar ele usa a lábia, uma boa conversa e sabe seduzir uma mulher. Ele parece saber onde tocar, o que dizer, e vai adquirindo uma certa prática com o passar do tempo. Há homens safados em todas as idades. Ele precisa desenvolver esses atributos, pois, vencer a batalha da conquista diária é quase um esporte. Ele faz por prazer, por que é de sua natureza, e por necessidade também.

Veja as características de um verdadeiro homem safado.


- O homem safado aprende desde cedo associar mulher a três coisas; prazer, serviço doméstico e vaidade. Sua percepção das qualidades femininas são quase totalmente restritas ao estético e toda a sua valorização está em o quanto ela é “gostosa” e "obediente". Para ele, qualidades como inteligência, bom caráter, personalidade, conquistas e conhecimentos só tem alguma valia se isso for traduzido em dinheiro, no quanto ela contribui com o orçamento, pois ele não consegue interpretar esses valores de outro modo, senão em como agradar a seus próprios interesses.

- O homem safado, por incrível que pareça, não está preocupado exatamente em ser traído por sua mulher, mas no que os outros vão dizer se isso acontecer, afinal, ele também trai, por isso vê como algo possível de acontecer de ambos os lados, pois entende a traição como algo estritamente fisiológico e não sentimental. Aliás, por esse motivo muitos são extremamente controladores, não admitem certas liberdades da mulher achando que isso representaria um risco a sua "suficiência". A diferença está no fato de que a traição masculina é “culturalmente aceitável”, enquanto que a feminina é sinônimo de fraqueza e impotência do “homem da casa”. Você acha que ele vai querer ser visto como quem não dá conta do recado?

- O homem safado é um expert em chantagem emocional. Conhece todos os galanteios e é também um ótimo ator. Ou seja, ele é o que quer ser. Sabe ser atencioso quando necessário, romântico ou arrogante. Joga com interesses e conflitos visando sair ganhando em todas as situações. É comum a mulher ficar em situações constrangedoras, tendo que escolher certas coisas em troca de outras. É comum esse "carinho" baseado em trocas de favores, porque ele representa muito bem o que ele entende sobre relacionamento, isto é, nada mais que uma relação de interesses.

- A safadeza do homem safado não é coisa que muda do dia para a noite, pois outra característica é que ele sabe e testemunha a sua safadeza. Em outras palavras, o homem safado gosta de viver na safadeza e não tem vergonha de assumi-la, pelo contrário, ele sente orgulho de ser assim, por isso o pensamento dele geralmente é: “tá achando ruim, que me deixe”. Este orgulho vem de uma falsa auto-estima. O homem que é assim, geralmente procura através de suas safadezas esconder suas deficiências de caráter. Em outras palavras, ele não é homem o suficiente para estabelecer valores próprios, reavaliar condutas e conceitos tidos por "masculinos", por isso prefere seguir o mais fácil, ser mais um com a maioria.

- O homem safado não resiste a confrontos morais, procura sempre desviar a atenção. É comum ser falho com suas responsabilidades, dá uma de despercebido para com as coisas que normalmente são importantes para a mulher e aqui surge uma outra característica bastante evidente.

- Justifica tudo e a todos. Ele tem justificativa para tudo, erros e acertos para ele é relativo e quase sempre uma questão de interpretação dos fatos.

- O homem safado é muito regado pelo que os outros falam, sujeito a opiniões se preocupa com sua imagem e faz questão de manter a aparência. Consequentemente a desconfiança e pouco interesse na palavra da mulher é outra característica sua, pois a mulher para ele é, geralmente, mais um componente de sua imagem. Uma peça que se não estiver de acordo com seu gosto será facilmente substituída por outra. Este é o motivo de não querer sair com sua mulher "oficial" a determinados lugares e pessoas.

- O homem safado age pela emoção, não por sentimentos. Esta é a sua maior dificuldade, por isso amor para ele não passa de uma ilusão facilmente traída. Ele pode dizer que ama, mas não age como tal, suas ações não expressam qualquer compromisso com esse sentimento. Para ele amor não passa de um comodismo criado para facilitar a vida social, só é bom enquanto necessário.

- O homem safado foge de assuntos como planejamento familiar, filhos e casamento. Ele acha tudo isso muito lindo, mas na vida dos outros, não na sua. Normalmente ele disfarça seu desinteresse por esses assuntos dizendo que é preciso “curtir a vida”, aproveitar ao máximo e viver um dia de cada vez. Ou seja, na boca dele é como se família, casamento e filhos fossem sinônimos de prisão, tédio e “velhice”.

- Finalmente, o homem safado pode ser uma pessoa muito boa, bom amigo, bom profissional, boa pinta. A safadeza é também caráter, mas é também e, principalmente, valores aprendidos, é preciso então saber distinguir essas duas coisas e pensar; vale apena tentar mudar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...