segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

NOTÍCIA - SAMSUNG SE ALIA A BANCOS PARA LANÇAR NO BRASIL PAGAMENTO POR CELULAR


A Samsung fechou acordo com grandes bancos e empresas de cartão de crédito para lançar seu sistema digital de pagamento no Brasil no fim de 2016. A lista é formada por Banco do Brasil, Bradesco, Brasil Pré-Pagos, Caixa, Itaú Unibanco, Nu Bank e Porto Seguro, informou a empresa, durante o Mobile World Congress (MWC), em Barcelona, na Espanha.

O Samsung Pay também será compatível com grandes redes de pagamento, como American Express, China UnionPay, MasterCard e Visa. Outros grandes bancos atuam no Brasil também fecharam parceria, como o Santander.

Lançado em agosto de 2015, o sistema está em operação até agora na Coreia do Sul e nos Estados Unidos. Nos seis primeiros meses de operação da tecnologia, os cerca de cinco milhões de usuários registrados fizeram transações que movimentaram US$ 500 milhões.

Em março, o sistema estreará na China. A expansão para o Brasil será a próxima, juntamente para a Austrália, Singapura, Espanha e Reino Unido.

O Samsung Pay deve ser o meio de pagamento digital a desembarcar primeiro no Brasil, antes das plataformas rivais de Google e Apple, que ainda não anunciaram uma data de lançamento. Compatível com os aparelhos Galaxy S6, S6 edge, S6 edge+, A5 e A7 (edições de 2016), e Note 5, o Samsung Pay também é um dos trunfos dos novos smartphones Galaxy S7 e Galaxy S7 edge. No Brasil, o Galaxy S6 e o S6 edge não serão compatíveis.

O sistema de pagamento funciona assim: o usuário pode cadastrar cartões de crédito e de débito; no ato da compra, graças à tecnologia NFC (Near Field Communication), basta aproximar o celular de terminais de compra; para autenticar a transação, é preciso inserir a impressão digital, além de outros três níveis de segurança. O Samsung Pay também funciona com a Transmissão Magnética Segura (MST, na sigla em inglês) para atender os terminais de pagamento que ainda não possuem NFC. Segundo a Samsung, esse é um dos diferenciais de seu sistema.

O Samsung Pay também é compatível com cartões de transporte, como o Bilhete Único de São Paulo, cupons e cartões associados. Na Coreia do Sul, a modalidade para o transporte público já funciona.
(Fonte:G1)

RECEITA LIGHT - MISTO FRIO DE PEITO DE PERU

Um lanche saboroso e light para não perder a forma.

INGREDIENTES
½ tomate picado em cubos
1 colher (sobremesa) de azeite
sal rosa, pimenta-do-reino e orégano a gosto

2 quadradinhos de queijo processado UHT
3 fatias de pão de forma integral

2 folhas de alface cortadas em tiras
3 fatias de peito de peru defumado

MODO DE PREPARO
Tempere o tomate com azeite, sal rosa, pimenta-do-reino e orégano. 

Passe os queijos processados nas fatias de pão e monte o sanduíche intercalando os ingredientes da seguinte forma: pão, alface, tomate temperado, peito de peru, pão, peito de peru, tomate, alface e pão. Sirva em seguida.

ARTIGO - PRODUÇÃO DE OVOS DE PÁSCOA


Com a proximidade da Páscoa muitas dúvidas aparecem sobre como trabalhar com o chocolate.

Entre as questões mais relevantes está a escolha do chocolate, no mercado temos disponíveis inúmeras opções de produtos, mas você sabe diferencia-los? Você sabe o que está comprando?

Chocolate X Cobertura (compounds) segundo a legislação brasileira - Chocolate é o produto obtido a partir da mistura de derivados de cacau (Theobroma cacao L.), massa de cacau ( pasta ou liquor), cacau em pó e ou manteiga de cacau, contendo, no mínimo, 25% de sólidos totais de cacau. No caso de chocolate branco, contendo, no mínimo, 20% de sólidos totais de manteiga de cacau.

Coberturas - São elaboradas com gorduras equivalentes ou substitutas da manteiga de cacau. Essas gorduras podem ser hidrogenadas ou fracionadas e não é necessário o processo de temperagem devido à ausência da manteiga de cacau.

Coberturas e chocolates tem seu espaço e indicações diferentes, sendo o chocolate a melhor escolha para confecção dos ovos, pela riqueza do sabor e derretimento agradável na boca, o que agrega valor ao produto final.

Dentre as opções mais comercializadas está o chocolate ao leite, pois o brasileiro tem o paladar mais açucarado, porém as versões mais amargas tem seu valor e são mais saudáveis.

Ao se escolher trabalhar com o chocolate é primordial que seja feita a temperagem. Esse processo garante a homogeneidade, cristalização correta, o brilho e textura final adequada para o produto.

Feito isso o produto estará pronto para ser utilizado, na confecção dos ovos, bombons, pães de mel, entre outras coisas.

Uma dica valiosa e que otimiza a produção, é preparar todas as cascas de ovos com antecedência. Assim temos um melhor aproveitamento do chocolate. O único cuidado importante é o armazenamento, pois é importante que o chocolate esteja protegido de altas temperaturas e umidade.

Preparar as ganaches com antecedência e armazena-las congeladas também ajuda bastante a otimizar o trabalho. A maioria dos recheios pode ser armazenado em congelador por até 3 meses e descongelados da maneira correta no momento da utilização.

Preparações artesanais e que não utilizam conservantes precisam ter cuidado redobrado com a vida útil do produto, pois nada mais desagradável para o cliente do que receber um ovo mofado.

Se atente sempre a contaminação cruzada, higiene na manipulação, ausência de umidade nos utensílios.

O ideal é que os ovos sejam finalizados com o recheio na semana da Páscoa. Para recheios com alto teor de açúcar como brigadeiros, a durabilidade é ainda menor cerca de 3 a 4 dias, pois após esse tempo esses recheios tendem a cristalizar.

A Páscoa é um momento de grande oportunidade, o lucro pode chega a 300%, a concorrência é grande, portanto se diferencie.

Estude durante o ano, faça cursos, pesquise, se inspire mas não copie, tenha sua própria identidade, ofereça um produto de qualidade e cative os seus clientes.

O sucesso é uma consequência de um trabalho bem feito! Sucesso a todos!

Chef Juliana Badaró
Contato: juliana_badaro@yahoo.com.br

domingo, 28 de fevereiro de 2016

NOTÍCIA - DUPLA INVENTA PIZZA BROWNIE


Tendo como palco a cozinha da avó, a brasiliense Alana Bussacos e a companheira dela, Camila Mello, decidiram abandonar a farinha de trigo e a muçarela para apostar na massa de brownie como alternativa à receita tradicional de pizza. Calabresa, tomate e azeitonas saem de cena para dar espaço a diversos tipos de guloseimas, como Oreo, Twix, leite Ninho, marshmallow, Nutella, Kit Kat, Kinder Bueno e paçoca. Os preços variam entre R$ 25 e R$ 75.

A inspiração veio depois de o casal achar na web uma foto de uma doceria de Tijuana, no México, que trabalhava com diversos tipos de brownie. Alana e Camila fizeram então uma fornada experimental, testando três receitas: uma popular americana, uma de família e outra famosa.

"Insatisfeitas com um excesso de ingrediente daqui e a falta de um 'ziriguidum' de lá, elaboramos uma receita exclusiva, adicionando nosso amor como inspiração", conta Camila. "Como vimos que isso ainda não era explorado pelas bandas de cá, decidimos testar e deu supercerto. Está dando."

O incentivo de amigos e familiares as levou a fundar há um ano a Mimo Brownies, que tem o doce como base para todos os outros produtos – de docinho de festa a bolos de casamento. O casal atende encomendas todos os dias. A loja tem mais de mil seguidores em redes sociais.

De acordo com as empreendedoras, a pizza representa cerca de 90% das vendas. A média é de 40 por semana. "É com toda certeza o nosso carro-chefe e, pra nossa alegria, só recebemos elogios e declarações positivas dos nossos clientes."

Os sabores mais pedidos são Oreo (brigadeiro branco, biscoito e ganache de chocolate), Twix (caramelo, doce de leite e bombom) e leite Ninho. A menor pizza tem quatro fatias e, conforme as coberturas escolhidas, custa R$ 25 ou R$ 45. A maior, de oito fatias, varia de R$ 45 a R$ 75.

A produção dura em média uma hora. "O que difere a brownie pizza da pizza tradicional é que a massa é de brownie", explica Alana. "E o que há de igual entre elas é o espírito socializador, de você sentar à mesa e compartilhar uma 'gordice' maravilhosa com seus amigos ou familiares."
(Fonte: G1)

MINHA PADARIA - PÃEZINHOS DE MARACUJÁ

Deliciosos pãezinhos com calda cítrica de maracujá.

INGREDIENTES
Massa
1 tablete de fermento biológico
1 xícara (chá) de suco de maracujá concentrado
½ xícara (chá) de leite morno
½ xícara (chá) de açúcar
1 ovo
½ colher (café) de sal
1/2 xícara (chá) de óleo

4 xícaras (chá) de farinha de trigo

Calda
½ xícara (chá) de água
polpa de 1 maracujá
6 colheres (sopa) de açúcar

MODO DE PREPARO
Massa
Coloque num liquidificador o fermento, o suco de maracujá, o leite morno, o açúcar, o ovo, o sal e o óleo e bata bem. Desligue o liquidificador, transfira a mistura para uma tigela e acrescente aos poucos a farinha de trigo, mexendo sempre, até se soltar das mãos.

Transfira a massa para uma superfície lisa e sove até ficar lisa. Cubra e deixe descansar até dobrar de volume.

Amasse a massa, faça rolinhos, enrole como um caracol e ponha em uma assadeira untada com óleo. Cubra e deixe crescer novamente. Em seguida leve ao forno alto pré-aquecido a 200ºC por cerca de 25 minutos ou até dourar.

Calda
Em uma panela coloque a água, a polpa do maracujá, o açúcar e leve ao fogo médio até cozinhar e engrossar.

Montagem
Retire os pãezinhos do forno, pincele com a calda de maracujá e sirva em seguida.

BICHO - CUIDADOS COM CÃES E GATOS IDOSOS


Cães e gatos idosos precisam de cuidados especiais. Conheça as principais doenças dessa fase, de acordo com o veterinário Régis Patitucci. O especialista fala sobre diagnóstico e tratamentos para melhorar a qualidade de vida do animal.

Artroses e displasias: processos degenerativos e inflamatórios das articulações que causam dificuldade de se locomover, principalmente, na hora de levantar. Diagnosticadas por meio de radiografias, normalmente afetam cães de grande porte. Administração de anti-inflamatórios e controle do peso do cão com o objetivo de melhorar o bem-estar animal. Adaptações no ambiente também ajudam, como a colocação de um piso mais plano e áspero.

Disfunções hormonais: diabetes, hipotireoidismo e hipertireoidismo. Costumam ser mais comuns em cães do que em gatos senis (idosos) e o diagnóstico é feito por meio de exames de sangue. É recomendado o controle do peso do cão, adaptações na dieta e o reequilíbrio hormonal por meio da administração de hormônios.

Insuficiência renal: comprometimento das funções dos rins. O problema atinge um pouco mais os felinos do que os cães e é identificado por meio de exames de urina e de sangue, além do quadro clínico. Durante as consultas, o veterinário investiga a origem do problema. Se necessário, são realizadas modificações na dieta, limpeza do tártaro, soroterapia etc. Em casos mais extremos, pode ser feita até hemodiálise. No entanto, esse recurso não é uma rotina na medicina veterinária.

Problemas cardiorrespiratórios: As doenças cardiorrespiratórias são mais frequentes em cães e as consultas de rotina ajudam a identificá-las precocemente. Não há cura, só controle. O avanço das doenças pode ser retardado por meio da administração de remédios e mudanças de hábitos dos animais, garantindo mais qualidade de vida.

Tumores benignos e malignos: frequentes em cães e gatos, geralmente senis, os tumores podem ser identificados mais precocemente se os animais passarem por consultas de rotina. A biópsia confirma o diagnóstico. Varia conforme a natureza e o estágio de evolução da doença. Pode haver só indicação de cirurgia ou também a administração de medicamentos para controle do avanço dos tumores (quimioterapia) e alívio da dor.
(Fonte: Anda)

sábado, 27 de fevereiro de 2016

NOTÍCIA - CIENTISTAS ITALIANOS CRIAM SUPER ESPAGUETE


Os amantes de macarrão podem ter em breve uma agradável surpresa com o aparecimento nas suas mesas de um espaguete rico em fibras, proteínas e antioxidantes que pode ajudar na redução do risco de problemas cardiovasculares.   

O "super espaguete" é fruto de uma pesquisa que já dura alguns anos e envolve a Universidade de Bolonha, a Universidade de Molise e o Ateneo de Granada, na Espanha. O estudo foi recentemente publicado na revista "Food Research International" e seus resultados demonstram a possibilidade de produzir a massa em qualquer ambiente sem o desperdício de grãos de cereal.   

O segredo, segundo as três instituições, é a utilização de um método de separação dos componentes dos grãos chamado air-classifing. O procedimento separa o cereal em duas partes, uma mais grossa e rica em fibras e antioxidantes e uma mais fina e mais cheia de proteínas. Trabalhando com esses ingredientes, se obtém um macarrão que pode ter um papel para diminuir riscos de problemas cardiovasculares.
(Fonte: Uol)

RECEITA DE FINAL DE SEMANA - MASSA FRESCA AO MOLHO DE TOMATE


INGREDIENTES
50 ml de azeite
20 g de alho picadinho
10 g de pimenta-dedo-de-moça picadinha
800 g de tomate pelado amassado
80 g de manjericão

500 g de massa fresca cozida al dente

queijo parmesão ralado

MODO DE PREPARO
Coloque na frigideira o azeite, o alho, a pimenta-dedo-de-moça e misture até dourar. Adicione o tomate pelado, misture e cozinhe em fogo baixo por cerca de 15 minutos. Junte o manjericão, o spaghetti cozido e misture bem. Retire do fogo, transfira para pratos de servir finalize com queijo parmesão ralado a gosto e sirva em seguida.

VINHO - CEFIRO RESERVA

DADOS DO VINHO
País: Chile
Volume de Álcool: 750 ml / 14,0%
Uva: Cabernet Sauvignon 100%
Região: Vale do Maipo
Estilo: Tinto
Envelhecimento: Em barricas de carvalho


Rubi intenso com aromas que remetem a frutas negras, framboesa, tostados, especiarias tabaco e pimenta escura. Boa complexidade aromática. Na boca revela-se amplo, bom corpo, final firme e frutado.

A colheita é manual, fermentação alcoólica em tanques de inox com temperaturas controladas e remontagens diárias por 7 dias, a fermentação maloláctica (transformação do ácido málico em ácido láctico) ocorre a 20°C por 7 dias. O seu amadurecimento é feito em barricas de carvalho americano por 9 meses (35% barricas novas), por fim o vinho permanece por 3 meses em adega antes de ser comercializado.

Harmoniza bem com carnes nobres como Kobe Beef ao molho de ervas, pastas frescas ao molho vermelho, queijos maduros e churrasco.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

NOTÍCIA - PARQUE DA DISNEY INAUGURA PADARIA VEGANA E SEM GLÚTEN


Quem segue uma dieta vegana (sem derivados animais, como ovos, leite e mel) pode ter alguns problemas na hora de viajar - não é fácil encontrar restaurantes ou lanchonetes com opções para todos no menu. Boa notícia, então, para quem planeja ir conhecer a Walt Disney World, em Orlando (EUA): doces veganos e sem glúten são a atração de uma padaria recém-inaugurada na Disney Springs, parte do complexo de parques que reúne restaurantes e lojas.

"Foi muito animador abrir a loja, porque é uma maneira de tornar completa a fantasia da Disney para várias crianças e pais que tenham alergias alimentares", explicou Erin McKenna, dona da padaria, cuja sede fica em Nova York.

A padaria tem versões veganas para os doces favoritos do público, como cupcakes, bolos e donuts. McKenna contou ao jornal "Huffington Post" que a loja em Orlando recebe vários visitantes que compram produtos como pães em grande quantidade, para que os filhos possam comer algo saudável (e sem risco de crise alérgica) durante toda a estadia na Disney.

No entanto, a empresária estima que apenas 10% de seus clientes visitam a loja por motivos de saúde - a grande maioria é atraída mesmo pela decoração de doces ao vivo que acontece bem na frente da padaria.
(Fonte: Uol)

RECEITA EXPRESSA - BROWNIE DE ACHOCOLATADO

Um brownie para fazer ainda hoje para o lanche.

INGREDIENTES
200 g de manteiga
1 xícara (chá) de achocolatado

4 ovos
1 ½ xícara (chá) de açúcar

1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de nozes picadas

MODO DE PREPARO
Numa panela derreta a manteiga e dissolva o achocolatado. Retire do fogo e reserve.

Coloque numa tigela os ovos, o açúcar e misture bem. Adicione o achocolatado dissolvido feito acima, a farinha de trigo, as nozes e misture bem.

Numa assadeira retangular (35 cm X 24 cm) untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo, espalhe a massa feita acima. Leve para assar em forno médio pré-aquecido a 180ºC por cerca de 25 minutos. Retire do forno, corte em quadrados e sirva em seguida.

GASTRONOMIA - TIPOS DE PANELAS


Panelas são um dos equipamentos essenciais de toda cozinha. E, assim como existem combinações de temperos que dão certo e outras nem tanto, existem panelas que são mais apropriadas para alguns tipos de receitas e outras nem tanto - como pode provar quem já tentou tirar caramelo de dentro de uma panela de alumínio, por exemplo, ou tentou fazer um cozido numa panela que demorava para esquentar.

Veja alguns dos principais tipos de panela disponíveis no mercado - e com quais pratos e receitas elas vão melhor. Depois, é só fazer sua lista de desejos para equipar a casa! 

Antiaderente - Populares, elas são revestidas com uma camada de teflon, o que impede que os alimentos grudem no fundo da panela. Também não demandam muito óleo ou manteiga para fritar alimentos. É preciso cuidado na hora de lavar, para não acabar riscando o teflon.


Alumínio - Vai fritar bolinhos por imersão? Preparar doces? Fazer arroz? A panela de alumínio é boa para isso, já que não propaga calor muito rápido - o que permite controlar a temperatura e evitar que a comida queime. No entanto, não use para receitas muito salgadas ou ácidas (como molhos de tomate): os ingredientes fazem com que o alumínio se desprenda.


Inox - De fundo grosso, distribuem o calor de maneira uniforme e bem rápido: boa pedida para preparar cozidos, massas e refogados. São as preferidas dos chefs por sua durabilidade e por não oxidarem. No entanto, não são boas para frituras e demandam cuidados para que a comida - ou as mãos - não se queimem com a manipulação.


Ferro - Seja no formato tradicional ou esmaltado, são indicadas para pratos de cozimento longo, já que retém bem o calor. Para que não enferrujem, é preciso seca-las muito bem após o uso. Há quem recomende untar o produto para conservar melhor a superfície.


Barro - Indispensáveis para preparar moquecas capixabas, elas também podem ser usadas para fazer molhos, feijões e sopas. O problema, além do grande peso e fragilidade, é que ela demora para esquentar e são difíceis para limpar. Precisam ser curadas com óleo vegetal antes do primeiro uso.
(Fonte: Uol)

SERGIO CARRANO - PRODUTOS IMPRÓPRIOS PARA CONSUMO


Essa semana a Fiscalização Sanitária atuou junto a diversos supermercados no Rio de Janeiro e foram encontrados muitos produtos impróprios para o consumo humano, gerando interdições, descarte de produtos e fechamento de lojas.

O produto é considerado impróprio quando não está em condição de consumo, quando a data de validade está vencida, entre outros fatores.

No caso, em um determinado mercado, foram encontrados vários quilos de carne com validade vencida e estocadas de forma irregular. Não fosse a ação da Vigilância Sanitária talvez esse produto fosse colocado à venda para os consumidores.

Aí você consome um alimento, sofre aquela “dor de barriga” e nem sabe o porque !

Pois bem, para evitar esse tipo de problema, vamos dar algumas dicas:

- Não pense que a Vigilância Sanitária consegue fiscalizar todos os mercados do país diariamente, semanalmente ou mensalmente.  As ações da Vigilância ocorrem mediante denúncia ou pontualmente conforme a necessidade. Por isso, você é o melhor fiscal do dia a dia !

- Produtos embalados devem apresentar a data de validade no rótulo, bem como informações sobre o fornecedor, o preparo do alimento, forma de acondicionamento (temperatura etc.) e etc. Leia os rótulos, principalmente de produtos resfriados ou congelados!

- Produtos a granel, expostos em gôndolas ou nos açougues, devem informar sobre o produto, a sua procedência (fornecedor) e a data de validade, entre outras informações obrigatórias. Leia essas informações e se não estiverem expostas, solicite ao gerente do estabelecimento que informe. Ele é obrigado por lei a expor isso !

- Se você identificar algum alimento com aparência escura, com temperatura inadequada, que deveria estar congelado mas está apenas fresco, entre outras situações inadequadas, reclame com o gerente do estabelecimento e peça retirada do local de venda. Faça a sua parte !

- Hoje a Internet é o melhor canal para descobrimos se uma loja ou produto é considerado bom, se existe reclamação sobre ele e muitas outras informações. O próprio website da ANVISA informa sobre produtos impróprios. Consulte. Afinal, é a sua saúde !

Entre para o time dos consumidores conscientes e responsáveis, afinal nós e que fazemos o país onde queremos viver. Faça a sua parte, fiscalize!

Sergio Carrano

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

NOTÍCIA - JAMIE OLIVER QUER VOLTAR AO BRASIL


Depois de aparecer no Brasil para ver a Copa do Mundo em 2014, Jamie Oliver planeja fazer uma nova visita ao país em breve. A poucos dias de abrir a segunda unidade de seu restaurante Jamie’s Jamie's Italian, no Brasil - desta vez em Campinas (SP) - o chef britânico diz que está cavando espaço na agenda para conhecer melhor o país.

"Visitei o Brasil pela primeira vez em 2014 e eu fiquei encantado com as boas-vindas do povo brasileiro e a beleza do país, que eu queria ter visitado adequadamente já há muitos anos", disse Oliver, por meio de sua assessoria de imprensa. "Por isso, estou esperançoso que em 2016 será o ano em que finalmente conseguirei curtir algum tempo de qualidade no Brasil."

O novo restaurante da rede de comida italiana não é a única investida verde-amarela do chef: Oliver está começando a organizar a gravação de uma série de televisão baseada no Brasil, ainda sem previsão de filmagem.

Por enquanto, os fãs podem contar com a versão brasileira do Food Tube, canal de vídeos de receitas criados pelo cozinheiro. Nos programas dublados, Oliver ensina a preparar diversos pratos, incluindo receitas brasileiras, como picanha e moqueca - esta última com a ajuda de seu braço direito há mais de vinte anos, o paulista Almir Santos.
(Fonte: Uol)

RECEITA SALGADA DO DIA - PICADINHO CREMOSO

Um picadinho de carne cremoso.

INGREDIENTES
600 g de alcatra cortada em cubos
1 colher (sopa) de sal
2 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de óleo
1 cebola média picada
3 tomates sem pele e sem sementes picados
1 xícara (chá) de vinho tinto
2 xícaras (chá) de água

1 cenoura cortada em tiras grossas

2 xícaras (chá) de champignon cortado em lâminas
1 caixinha de creme de leite

MODO DE PREPARO
Numa tigela, misture a carne com o sal e a farinha de trigo. Reserve.

Aqueça o óleo numa panela e refogue a carne reservada acima até dourar. Adicione a cebola, os tomates e refogue até murcharem.  Junte o vinho tinto, a água, misture, tampe a panela e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 20 minutos. Adicione a cenoura e cozinhe por mais 30 minutos. Desligue o fogo, acrescente os champignons, o creme de leite e misture bem. Sirva em seguida.

SUSTENTABILIDADE - LOGÍSTICA REVERSA: MAIS FACILIDADE PARA EVITAR O LIXO ELETRÔNICO


Com a revolução tecnológica, o consumo de eletrodomésticos e outros aparelhos do tipo tem aumentado consideravelmente em todo o mundo. Ao mesmo tempo, os itens velhos são descartados muitas vezes no lixo comum acumulando-se em pilhas que são denominadas de lixo eletrônico. Como não recebem o tratamento adequado, ao ficarem em contato com o solo, os resíduos tóxicos desses materiais entram em contato com o solo e poluem o lençol freático, ou seja, as águas subterrâneas. Além dos problemas ao meio ambiente, que quando em contato com alimentos ou usadas no abastecimento, causam diversas doenças.

Para diminuir esse impacto ao meio ambiente, em 2010 foi instituída no Brasil o Programa Nacional de Resíduo Sólido, com a Lei nº 12.305 que determina a ação de logística reversa. O procedimento não é nada mais do que a atribuição da responsabilidade pelo ciclo de vida desses produtos aos fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes e consumidores, de forma a viabilizar a sua coleta e reutilização.

Descarte correto de lixo eletrônico 
O Brasil é o país em desenvolvimento que mais gera lixo eletrônico, por isso, a lei veio em boa hora para tentar reverter a situação. Muitos fabricantes e estabelecimentos disponibilizam meios de coletas de equipamentos, mas os consumidores são a primeira etapa para que esse ciclo funcione.

Quando tiver câmeras fotográficas, computadores, impressoras e outros eletrônicos, bem como seus componentes, como pilhas e baterias que deseje descartar, entre em contato com o respectivo fabricante do produto para verificar se ele faz a recolha. No caso de celulares, algumas operadoras possuem ações desse tipo, que basicamente consiste em depositar os aparelhos e seus componentes nas lojas físicas.

Como acontece a reciclagem de lixo eletrônico
Assim que você descarta os eletrônicos ou seus acessórios em centros de coleta seletiva apropriados, eles passam por uma triagem e suas peças são separadas, de acordo com o material presente em sua composição: plástico, ferro, metais, alumínio e placas vão para diferentes locais, pois o tratamento de cada um ocorre de diferentes maneiras. A partir deles, são geradas novas peças para darem origem a novos eletrônicos. Dessa forma, gera também mais empregos e renda.

Viu como seu papel é importante para a reciclagem desses materiais? Procurar os postos de coleta adequados ajuda a preservar o meio ambiente e evitar doenças!
(Fonte: Atitudes Sustentáveis)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...