quarta-feira, 10 de agosto de 2016

LUIZ CARLOS CATTACINI GELLI - VAI DAR ZEBRA


Peço licença a você, leitor, para fazer um merchandising. Acho que você não vai ficar chateado, afinal a notícia é muito boa!

No mercado há mais de cinco anos a Cattacini acaba de lançar a sua linha básica, ecológica, onde são utilizados materiais mais simples, sem muita sofisticação, e que, por isto, apresentam vinhos com uma melhor relação custo-benefício.

A linha ZUIM visa proporcionar aos clientes da Cattacini uma alternativa ao seu portfólio sofisticado, com vinhos mais em conta, já prontos para o consumo e ostentando a mesma assinatura.

São vinhos pensados para as situações normais de consumo. Para serem utilizados e bebidos sem cerimônia, sem o requinte que os vinhos mais luxuosos necessitam.


O primeiro vinho Zuim é um tinto oriundo da Serra do Marari, Tangará (SC), a 1200 metros de altitude, e produzido em parceria com a Vinícola Santa Augusta, Videira (SC).

O Zuim Tinto é um vinho da safra 2013 e apresenta sotaque Mendocino, já que é um corte produzido majoritariamente com a Malbec, a uva emblemática dos nossos hermanos, e com passagem de dois anos em barricas de carvalho francês. 

Trata-se um vinho produzido com cepas bordalesas, Malbec (60%), Merlot (32%) e Petit Verdot (8%), e com estilo do Velho Mundo.

O vinho está no seu apogeu e se você tiver a oportunidade de bebê-lo agradecerá a propaganda que você acabou de ler.

Nos melhores restaurantes e lojas especializadas da cidade. E o principal, o preço que é muito menor do que você imagina para um vinho da safra de 2013 e com dois anos de estágio em barricas de carvalho francês: um paradoxo líquido!

A logo da Zuim apresenta uma zebra e antes que você faça alguma brincadeira gostaria de dizer: vai dar zebra!!!!

Saúde e paz!!!!


Luiz Carlos Cattacini Gelli é sommelier e empresário. Em 2010, fundou a Cattacini Vinhos, cuja proposta é produzir e comercializar vinhos nacionais exclusivos.

Os vinhos Cattacini podem ser entregues em todo o Brasil através das lojas virtuais: EnoEventos: www.enoeventos.com.br/importadora,
Rio Di-Vino: www.riodivino.com.br
Cave Nacional: www.cavenacional.com.br,
e Winexpress: www.winexpress.com.br.

Contatos:
Facebook: Cattacinivinhos
gelli@cattacini.com.br

terça-feira, 9 de agosto de 2016

PENSAMENTO - A CAIXA DOURADA


Certo tempo atrás, um homem castigou sua filhinha de três anos por desperdiçar um rolo de papel de presente dourado. O dinheiro andava escasso naqueles dias, razão pela qual o homem ficou furioso ao ver a menina envolvendo uma caixinha com aquele papel dourado, para depois colocá-la debaixo da árvore de Natal.

Apesar de tudo, na manhã seguinte, a menininha levou o presente ao pai e disse:

- Isto é para você, paizinho!

Ele ficou envergonhado pela sua furiosa reação do dia anterior, mas ao abrir a caixinha e encontrá-la vazia voltou a explodir:

- Você sabe que quando se dá um presente a alguém coloca alguma coisa na caixa?!

A menininha olhou para cima com lágrimas nos olhos e disse:

- Ah, paizinho, não está vazia não. Eu joguei muitos beijos aí dentro. Todos para você, papai.

O pai quase morreu de vergonha. Abraçou a menina e suplicou para que ela o perdoasse.

Dizem que o homem guardou a caixa dourada ao lado de sua cama por muitos anos, e sempre que se sentia triste, chateado ou deprimido, tomava da caixa um beijo imaginário e recordava o amor que sua filha havia depositado ali.

REFLEXÃO
De forma simples, mas sensível, cada um de nós tem recebido uma caixinha dourada, cheia de amor incondicional e beijos de nossos pais, filhos, irmãos, amigos queridos e dos nossos amores. Ninguém pode ter uma propriedade melhor do que esta. Valorize.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...